fechar
Dicas

Como proceder em caso de roubo ou furto de seu veículo


Como proceder em caso de roubo ou furto de seu veículo
Deixe sua avaliação

Saiba como proceder em caso de roubo ou furto de seu veículo

Nos dias de hoje está muito complicado conduzir automóveis ou mesmo transitar pelas ruas. A violência aumenta a cada dia e tomar cuidado nunca é demais. Entre 2014 e 2015, mais de um milhão de veículos foram roubados ou furtados no Brasil, o que dá uma impressionante média de um caso a cada um minuto. Saiba como proceder em caso de roubo ou furto de seu veículo.

Os dados do 10º Anuário Brasileiro da Segurança Pública, apesar do número alarmante, 2015 registrou uma pequena queda no número absoluto de ocorrências. Tanto no ano passado, como em 2014, foram roubados 242 mil carros. Já os furtos caíram de 270 mil para 267 mil. Importante frisar que roubo é quando há contato do assaltante com a vítima, que usa violência ou amaça para praticar o crime. Furto é quando não há esse contato.

O que deve ser feito caso seu veículo seja furtado ou roubado:

  • Ligue para a polícia 190 para que o alerta de furto seja acionado.
  • Registre queixa na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos e requeira o Boletim de Ocorrência para a definição de responsabilidades e a Certidão de não localização do Veículo.
  • Caso o veículo não tenha sido licenciado no exercício, solicitar a cópia da ocorrência na Delegacia para requerer junto a Secretaria da Fazenda o pagamento proporcional dos Débitos do IPVA.
  • Em se tratando da ocorrência registrada no interior do Estado, procure a Delegacia de Polícia do Município.
  • A Polícia Rodoviária Federal está disponibilizando para a sociedade, o Sistema de Alerta de Roubo e Furto de veículos Nacional.

OBS: Falsa comunicação à Polícia é crime: Art. 340 do Código Penal Brasileiro.


Dicas de segurança para evitar o roubo ou furto de seu veículo:

Estacione em local seguro: Evite estacionar na rua, especialmente em locais com pouco movimento e iluminação precária. Procure estacionar em ruas iluminadas, perto de edificações com câmeras de segurança e vigias. No entanto, sempre que possível, opte por estacionamentos com seguro.

Evite ficar no veículo parado: Não fique conversando, namorando, falando ao celular ou qualquer outra atividade dentro do veículo estacionado, particularmente à noite e em locais com pouco movimento. É muito provável se distrair nestas situações. Não se torne um alvo fácil.

Verifique o local ao estacionar: Antes de estacionar na rua, verifique se há alguém suspeito. Caso haja, não estacione. Dê uma volta com o veículo e procure um local seguro. Fique sempre de olho na movimentação de pessoas e veículos.

Não deixe objetos à vista dentro do carro: Qualquer item pode chamar a atenção de criminosos, mesmo coisas que você julgue não terem valor considerável. Utilize o porta-malas.

Cuidado com os adesivos de identificação: Evite exposição de adesivos que identifiquem locais que você frequenta ou mora, como condomínio, universidade, clube e academia.

Cuidado ao entrar e sair do veículo: Ao estacionar na rua, seja breve ao sair do veículo. Ao retornar, evite se aproximar com a chave na mão, mas a mantenha bem acessível para você. Ao entrar no carro, ligue-o imediatamente e saia do local o mais rápido possível. Se encontrar alguém mexendo no seu veículo, não se aproxime. Busque ajuda!

Atenção às janelas e portas: Verifique sempre se os vidros estão fechados e as portas travadas quando estacionar, mesmo que seja “para ir ali, rapidinho”.

Nunca reaja a um assalto, tente sempre manter a calma.

Gostou? Então compartilhe na sua rede social!

Elaine Rezende


Tags : DETRAN

Deixe seu Comentário

avatar