As inscrições no CNH Social foram abertas nesta segunda-feira (9)

As inscrições no CNH Social, promovido pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (DETRAN-AM), foram abertas nesta segunda-feira (9) com a previsão de atender mais de 10 mil pessoas. No entanto, mais de 230 mil já realizaram a inscrição, o que levou o órgão à constatar que diversos números de Cadastro Único - um dos requisitos necessários para concorrer às vagas - são inexistentes. De acordo com o DETRAN, os dados passarão por uma análise para serem autenticados. As pessoas que se enquadram nos critérios serão selecionadas para apresentar a documentação.

Podem se inscrever pessoas maiores de 18 anos, residente no Amazonas há pelo menos dois anos. É preciso ter renda familiar mensal de até três salários ou estar desempregado há mais de um ano, ou, ainda, estar inscrito em programas sociais governamentais.

Não poderão participar da seleção pessoas com processos de CNH já iniciados, assim como pessoas que tenham cometido crimes na condução de veículos. Quem teve a CNH cassada ou suspensa também não pode se inscrever.

Site fora do ar

O alto número de acessos no site do DETRAN-AM para efetuar as inscrições, na manhã desta segunda, congestionou o sistema e o site ficou fora do ar. O órgão informou que há um aplicativo da CNH Social, mas as inscrições devem ser feitas pelo site.

"O Detran informa que por conta do volume de acesso ao site da instituição, para inscrição no projeto CNH Social, cerca de 1.200 por minuto, o sistema apresentou pane e precisou ser retirado do ar, na manhã desta segunda-feira (09/10), para adoção de medidas técnicas com objetivo de aumentar a capacidade operacional", informou o órgão em nota.

De acordo o DETRAN, técnicos da Empresa de Processamento de Dados do Amazonas (Prodam) foram acionados para solucionar o problema e que foi restabelecido, às 10h30, o acesso ao site do órgão.

Deixe seu Comentário
Tags : CNH Social