fechar

Governo do Estado e o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo lançam uma nova edição do CNH Social 2019

O Governo do Estado e o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (DETRAN/ES) lançam na próxima segunda-feira (06), às 10 horas, uma nova edição do CNH Social 2019. O programa vai oferecer carteiras de motorista gratuitamente a pessoas de baixa renda, residentes no Espírito Santo.

No evento, serão divulgadas as regras do novo formato, além da ampliação do número de vagas e os requisitos para participar do programa.

Em entrevista ao Jornal A Tribuna em fevereiro deste ano, o diretor-geral do DETRAN, Givaldo Vieira, afirmou que 5 mil vagas serão oferecidas, para pessoas com renda de até dois salários mínimos.


O CNH Social foi criado em 2011 na primeira gestão do governador Renato Casagrande. A iniciativa tem o objetivo principal de formar, qualificar e habilitar profissionalmente condutores de veículos com vistas ao ingresso no mercado de trabalho.

CNH Social 2019: saiba como participar do programa do DETRAN-ES

CNH Social 2019: saiba como participar do programa do DETRAN-ES

O programa do Departamento de Trânsito do Espírito Santo (DETRAN) vai possibilitar que pelo menos cinco mil pessoas com renda de até dois salários mínimos possam tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de graça, por meio do programa CNH Social.

Segundo o diretor-geral do DETRAN-ES, Givaldo Vieira, os critérios para participar devem ser os mesmos dos anos anteriores: estar com nome no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), ser residente no Espírito Santo, saber ler e escrever, possuir CPF, RG, não estar administrativamente e judicialmente impedido de obter a CNH, e não possuir deficiência que impeça a obtenção da carteira.


Ampliar o número de vagas da CNH Social foi uma promessa de campanha do governador Renato Casagrande. No ano passado, o programa teve três mil vagas.

Ampliar o número de vagas da CNH Social

Pelo menos cinco mil pessoas com renda de até dois salários mínimos vão poder tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de graça este ano no Estado pelo programa CNH Social.

O Departamento de Trânsito do Espírito Santo (DETRAN-ES) vai fazer nesta semana uma análise técnica do orçamento do órgão para, só então, finalizar o planejamento e, com isso, definir as datas de inscrição para os interessados.


Ampliar o número de vagas da CNH Social foi uma promessa de campanha do governador Renato Casagrande. No ano passado, o programa teve três mil vagas. Os critérios, segundo o diretor-geral do DETRAN-ES, Givaldo Vieira, devem seguir os mesmos de anos anteriores.

Dentre eles, estar com nome no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), ser residente no Espírito Santo, saber ler e escrever, possuir CPF, RG, não estar administrativamente e judicialmente impedido de obter a CNH, e não possuir deficiência que impeça a obtenção da carteira.

Givaldo anunciou que quer melhorar o que chama de efetividade do programa social. Segundo ele, das três mil vagas anunciadas no último chamamento, apenas 500 CNHs foram, de fato, emitidas, com inscritos desistindo no meio do processo.


“Quero envolver prefeitos, secretários de assistência social e as equipes dos centros de referência de assistência social, para dar orientação a esse público, estimular e ajudar na inscrição. Além do diálogo constante, vamos fazer uma campanha para divulgar essas oportunidades”, prometeu.

CURSO

Além de custear a CNH social, o DETRAN-ES vai passar a oferecer um curso de formação de motoristas. A novidade está sendo detalhada internamente no órgão.


Givaldo Vieira espera que no segundo semestre o governo do Estado já possa colocar o curso em prática. “Dentre outras vantagens, vamos garantir um condutor bem treinado e com mais chances de conseguir emprego”, disse.

[Fonte: Jornal A Tribuna]



Tags : CNHCNH SocialDETRAN

Deixe seu Comentário

avatar