fechar

Falsos aplicativos da CNH e IPVA são baixados
5 (100%) 3 votes

Falsos aplicativos da CNH e também IPVA forem baixados por mais de 17 mil pessoas

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, MCTIC, desenvolveu o aplicativo da CNH Digital para ser utilizado por motoristas de todo o Brasil, ocorre que falsos aplicativos da CNH e também IPVA forem baixados por mais de 17 mil pessoas através da loja do Google.

A descoberta foi feita pela empresa Kaspersky Lab, que é especialista em segurança digital e identificou 03 aplicativos falsos disponíveis nas redes Android do Google. Este tipo de programa é utilizado por criminosos para roubar informações dos usuários e dados dos aparelhos celulares.

Estes aplicativos já estão fora do ar, mas segundo a empresa Kaspersky Lab “esses programas podem diminuir a vida útil da bateria, consumir pacote de dados, deixar o celular mais lento e, em alguns casos, extraviar informações do telefone”.

Falsos aplicativos da CNH e IPVA
Falsos aplicativos da CNH e IPVA

Atenção nas falhas e erros dos aplicativos

Alguns erros são possíveis de identificar na hora de baixar estes programas, como por exemplo o Ministério de Ciência e Tecnologia é identificado no aplicativo falso como “Ministério da Tecnologia”. E o órgão responsável pela distribuição do aplicativo na verdade é o Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados).


Passo a passo abaixo para fazer a solicitação da sua CNH Digital:

  • Fazer o download do aplicativo “Carteira Digital de Trânsito” (CDT), na Google Play e App Store;
  • Fazer o cadastro requerido na primeira inicialização do aplicativo.
  • Após a ativação através do e-mail, deve-se fazer login no aplicativo e clicar em “adicionar documento”;
  • A emissão da CNH Digital pode ser de três maneiras: “pelo celular”, “com certificado digital” e “sem certificado”. Apenas a primeira não requer comparecimento ao Detran;
  • Escolhendo a opção “pelo celular”, o usuário deve primeiro usar o seu dispositivo móvel para ler o QR Code, que fica na parte interna da CNH em papel. Depois, ele faz a “prova de vida”, um movimento físico do usuário, lido pela câmera do celular, para garantir que ele é mesmo quem está sendo identificado;
  • Com essa validação, será necessário informar o número de telefone celular. Neste momento, será disponibilizada a CNH Digital no dispositivo móvel.
  • E por fim, o app solicita a criação de uma senha de quatro dígitos, uma chave de acesso que deverá ser digitada toda vez que o documento digital for utilizado.

Durante o procedimento de instalação e cadastro do aplicativo, será realizado um teste simples de vida que consiste em fazer movimentos com a câmera impedindo que o mecanismo possa ser fraudado com fotografias.

O acesso ao aplicativo para instalação com a nova informação está liberado desde o dia 20 de dezembro. E já foram divulgadas a criação de 620 mil CNHs Digitais em todo o Brasil. E quem desejar emitir a 2ª via da impressa com o QR Code o valor é de aproximadamente R$ 42,41 em São Paulo.

E são mais de 60 milhões de pessoas com a Carteira Nacional de Habilitação, ou seja, o número de CNHs Digitais ainda é muito baixo, mas provavelmente por se tratar de época de festas de fim de ano e a divulgação de não ser mais necessário ir ao DETRAN para adquirir a CNH Digital ser recente, as pessoas ainda não tiveram um interesse maior no assunto. E mesmo que o usuário esteja sem internet, será possível o acesso off-line a CNH Digital em qualquer momento.


Tags : AppCNHIPVA

Deixe seu Comentário

avatar