fechar

Saiba qual a finalidade do Seguro DPVAT 

O Seguro DPVAT – Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres é obrigatório devido à criação de uma Lei de 1974 Nº 6194/74, que determina a todos os proprietários de veículos automotores de via terrestre a pagar o seguro. Esta obrigatoriedade garante às vítimas de acidentes com veículos o recebimento de indenizações e reembolsos.

Muitos pensam que o Seguro DPVAT cobre os danos de todos os veículos automotores, como por exemplo, trens, barcos e aeronaves, mas você deve saber que esse seguro cobre os danos de acidentes que ocorrem nas vias terrestres, em território nacional.

Saiba quem pode solicitar o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres:

  • Motoristas;
  • Passageiros;
  • Pedestres.

Confira as situações que o Seguro DPVAT indeniza ou reembolsa e seus respectivos valores:

  • Se houve a morte de motoristas, passageiros ou pedestres o valor da indenização é de R$ 13.500,00 por vítima e os beneficiários são os herdeiros legais.
  • Na situação de invalidez permanente total ou parcial decorrente do acidente, o acidentado pode vir a perder ou reduzir algumas funções de um membro. O valor da indenização é de até R$ 13.500,00 por vítima. Porém o valor da indenização pode variar de acordo com a gravidade e é analisado se há sequelas no acidentado.
  • O Seguro DPVAT também cobre os gastos com despesas médico-hospitalares que são pagas pelo acidentado para o tratamento de lesões, remédios, entre outros e o valor do reembolso é de até R$ 2.700,00 por vítima. Vale lembrar que devem ser comprovados todos os gastos devido ao acidente.

Se você passou por algum acidente devido a problemas nas vias terrestres (como buracos, crateras, desmoronamento), seu prazo para solicitar o Seguro DPVAT nos pontos de atendimento da Seguradora Líder é de três anos, por isso fique atento e não deixe de exigir o seu direito como cidadão.

Compartilhe em sua rede social!

Vinícius Miranda

Tags : DPVAT

8 Comentários

  1. Fui vítima de uma queda brusca na saída do ônibus estava grávida de 6 meses o bebê faleceu em 20 dias ,tenho direito em alguma coisa ,já que eu sobrevivi por milagre de Deus ,O bebê estava sentado e eu tive hemorragia interna,me ajudem!

  2. Sofri um acidente de moto na noite anterior,não tive fraturas,mas machuquei o joelho,e minha moto estragou um pouco,foi só eu não teve terceiros,fui ao hsp,ele me medicaram ,tem como eu receber meu prejuízo pela moto ?

  3. nesta sexta feira 22/09 sofri um acidente de moto, e ele fugiu, outras pessoas me prestarão socorro. tenho o joelho roto e engessado… Tenho direito ao seguro?? e como faço?

  4. ’em 18 de maio 2015 sofri um acidente quebrei o braço ate hoje sinto humilhado fiquei uns seis meses sem poder trabalhar mandei um prosesso ate hoje nao tive resposta por que fiquei sem resposta alguma ISRAEL CARDOSO PEREIRA cpf61835218687

Deixe seu Comentário