fechar

Conheça os itens de Segurança da Nova CNH

Este ano, o modelo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) passou por mudanças e ganhou itens de segurança que tornaram o documento mais seguro contra fraudes. Agora, a carteira de motorista conta com tecnologias como QR Code, novas cores, papel com marca d’água, tintas de variação ótica e fluorescente e imagens secretas.

As novidades impactam apenas a aparência da CNH e o nível de segurança contra fraudes e falsificações do documento. Os procedimentos que o cidadão deve seguir para obter a carteira permanecem os mesmos. Condutores que já portavam o documento no modelo antigo não precisam fazer a troca. As CNHs antigas serão reconhecidas até a validade ou até que o condutor solicite alguma alteração de dados.

Tecnologia QR Code

A mais recente novidade no modelo da CNH é o uso da tecnologia QR Code. O código permite que os dados dos motoristas sejam acessados no banco de dados do DENATRAN, onde estará uma versão digital do documento com dados biográficos e foto do titular.

Cerca de 300 mil carteiras foram emitidas com o novo recurso nos primeiros dez dias do mês de maio. O  modelo antigo, sem código de barras bidimensional e dados criptografados, será substituído gradualmente, à medida que os motoristas forem renovando suas habilitações.

Itens de segurança

Desde o dia 2 de janeiro de 2017, a CNH também ganhou novas cores e itens de segurança. As mudanças atendem à nova regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), válida para todo o País. A carteira passou a ser produzida por empresas credenciadas, em modelo único, e tem papel com marca d’água, tintas de variação ótica e fluorescente e imagens secretas, além de mais elementos em relevo e em microimpressão. O fundo do documento também ficou mais amarelado.
A tinta da tarja que fica no topo das carteiras, acima da foto de identificação, passou de azul esverdeada para preta. A impressão continuou em alto relevo, e a tarja passou a ter do lado direito o mapa do estado responsável pela emissão da CNH. No lado esquerdo, sob o Brasão da República, aparece, agora, a imagem do mapa do Brasil.

A nova CNH tem ainda duas sequências de números de identificação nacional – Registro Nacional e número do Espelho da CNH – e uma de identificação estadual – número do formulário do Renach (Registro Nacional de Condutores Habilitados).

Tags : Habilitação

1 comentário

  1. Procedimentos otimos para o trânsito
    O ideal seria mudar as Leis do Detran Rio de Janeiro. não facilitar e sim dificultar com que eles não cause mais acidente. de que forma o Detran Rio de Janeiro sabe que muitos dos condutores sabem dirigir e por não conseguir a sua habilitação eles dirigem sem assim causando acidente e fugindo do local. se o detran Rio de Janeiro viu que eles sabem dirigir e participou das aulas teórica foi aprovado em tudo faltando somente a pratica então o detran Rio de Janeiro vai pedir pra ele fazer a baliza da forma dele conduzir o veiculo no trajeto do detran Rio de Janeiro ali ele sera aprovado e terá o direito da sua primeira habilitação.
    Agora a lei seria o seguinte todos os habilitados que causar acidente com carro ou moto em que as vitimas vão para o socorro médicos ou venha há óbito ou pego Alcoolizado drogado ambos perderam o direito de dirigir e terão que pagar uma nova habilitação como se estivesse tirando a sua primeira habilitação. (sendo que o condutor que causou o acidente pagará o valor de um duda e meio + o valor dobrado da auto escola exame de vista o mesmo) assim diminuirá muitos acidentes de transito. mais tem que funcionar corretamente pra que tudo de certo.

Deixe seu Comentário